Jejum Intermitente guia para iniciantes Roberto Alencar

Minha experiência pessoal com o Jejum Intermitente

Se você já ouviu falar ou que quer saber mais jeju  intermitente fique comigo, pois este artigo irei falar sobre minha experiência pessoal com o Jejum Intermitente, pois ele mudou completamente minha saúde física.

Hoje 05 de março de 2018 completou um ano que pratico o jejum intermitente. Relato aqui minha experiência.

Essa é a Alimentação que pratico no Jejum Intermitente

Quando iniciei o jejum intermitente tinha um estilo de vida saudável e consequentemente era magro pelo porte e altura que tenho, entretanto quando iniciei o jejum intermitente pesava 78 quilos, e a circunferência abdominal era de 94 centímetros.

Hoje estou com 74 quilos e 78 centímetros de barriga. Consegui eliminar 16 centímetros e esta fazendo muita diferença.

 

Já pesei 99 quilos e quando iniciei o jejum intermitente tinha hábitos saudáveis e  pouco conhecimento sobre alimentação saudável.

 

Descobri que na história humana o jejum intermitente já existe a milênios desde o homem paleolítico até hoje.

Antes de começar o jejum intermitente estudei o assunto em vários artigos de pesquisadores renomados.

Penso que para falar sobre algo a pessoa precisa saber e viver o que fala, foi isso que busquei em minhas pesquisas.

Minha experiência pessoal com o Jejum Intermitente

 

Vários médicos e nutricionistas demonstram evidencias cientificas sobre o jejum intermitente e sobre seus benefícios e isso me motivou.

Muitas pessoas têm dificuldades e acreditam ser impossível viver em constante jejum quando tentam implantar essa pratica em suas vidas.

 

Eu não tive dificuldade em começar o jejum intermitente, porque tinha hábitos saudáveis como não ingerir açúcar, carboidratos refinados, refrigerantes, além disso praticava atividades físicas e consequentemente isso me ajudou muito a praticar o jejum intermitente.

 

Se você quer iniciar o jejum intermitente e não tem hábitos saudáveis, se prepare mudando sua alimentação antes de começar.

Existem várias formas de fazer o jejum intermitente. Eu escolhi o protocolo 16h por 8h.

Conheça aqui os 5 protocolos mais conhecidos do Jejum Intermitente.

O protocolo 16h por 8h consiste em se alimentar duas vezes ao dia. Me alimento as 12h e depois as 20h, totalizando um jejum de 16h por 8h. Fico um período de 16 horas sem comer nada e depois mais 8 horas. Esse é o protocolo 16h por 8h. Depois comecei a implantar o jejum de 24h uma vez por semana na sexta-feira. Como as 12h na sexta-feira e depois só volto a me alimentar as 12h no sábado totalizando 24 horas de jejum.

 

Essa é a Alimentação que pratico no Jejum Intermitente

 

Minha experiência pessoal com o Jejum Intermitente

Minha experiência pessoal com o Jejum Intermitente

Atualmente pratico os dois protocolos, 16h por 8h e 24h. Me sinto melhor que nunca com muita disposição e vigor físico.

Hoje minha alimentação que já era boa se tornou melhor que nunca. Praticando o jejum intermitente só me alimento de comida de verdade. Depois de inciar o jejum intermitente deixei de comer de 3 em 3 horas e economizo bastante dinheiro com isso.

 

Graças a DEUS tive a Graça de conhecer esta pratica milenar que transformou minha vida e pode transformar também a sua.

Finalizo meu breve depoimento sobre o jejum intermitente com a frase do ilustre Dr Lair Ribeiro “Quem não tem tempo para cuidar da saúde, terá que arrumar tempo para cuidar da doença”.

Caso você venha iniciar o jejum intermitente e necessário  passar com um profissional qualificado de sua confiança, pois é ele que lhe orientará da melhor forma possível.

 

Essa é a Alimentação que pratico no Jejum Intermitente

 

Se você gostou deste artigo compartilhe nas suas redes sociais. Até o próximo artigo.

Minha experiência pessoal com o Jejum Intermitente
5 (100%) 1 vote

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.